Os benefícios da indústria 4.0 na gestão de projetos da Construção Civil

Marcanni Construtora 16 de junho de 2021
0 pessoas gostaram desse post
indústria 4.0

O avanço da tecnologia nos últimos tempos tem contribuído massivamente para o aumento da produtividade em diferentes mercados, inclusive na construção civil. Em um ambiente cada vez mais competitivo, é fundamental que as empresas repensem seus processos e suas tecnologias, para ficarem por dentro da implantação de novas soluções, como com a aplicação do conceito de indústria 4.0 na construção civil. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre essa relação.

indústria 4.0

O que é a indústria 4.0?

O mundo já passou por três revoluções industriais e agora vivencia a quarta. Na primeira revolução industrial, os meios de produção foram mecanizados e cresceram com a aplicação da energia a vapor. Já na segunda iniciaram-se os processos de produção em massa com uso de energia elétrica. Na terceira, a automação da produção abriu novos horizontes, elevando a otimização dos meios de produção a um outro patamar de eficiência.

A matéria Indústria 4.0 do blog Obra Prima elenca que o que vemos na chamada Quarta Revolução Industrial são sistemas cyber-físicos monitorando processos físicos, ou seja, o uso de tecnologias para o controle de processos e aumento da produtividade.

Um exemplo dessas tecnologias proporcionadas pela indústria 4.0 na era moderna são os aplicativos que substituem a mão de obra humana no controle de semáforos, utilizando inteligência artificial para analisar o tráfego e alterar o tempo de acordo com as necessidades dos usuários das vias.

A indústria 4.0 utiliza 3 componentes para alcançar seus resultados de automação:

CSP (Cyber physical Systems)

Sistemas que conectam as infraestruturas computadorizadas, comunicação automatizada e operações físicas.

Internet das Coisas (Internet of Things ou IoT)

Integração criada entre objetos, máquinas, sistemas computadorizados e plataformas e aplicativos tecnológicos.

Fábricas Inteligentes (Smart Factories)

Aplicação do CSP na produção para ampliar automação e aumentar produtividade, eficiência e reduzir custos, além do tempo gasto nas ações e uso de recursos.

A indústria 4.0 está diretamente ligada ao desenvolvimento de novos aspectos e formas de conduzir os negócios. E com necessidades cada vez mais específicas, o setor de construção civil tem se beneficiado dessa revolução de forma cada vez mais consistente.

A indústria 4.0 aplicada à construção civil

A construção civil também tem colhido os bons frutos dos benefícios e ferramentas proporcionados pela Indústria 4.0. A relação entre o setor e a nova realidade trazida por essa revolução é muito ligada, uma vez que as duas trabalham cada vez mais para oferecer a construtoras e outras empresas de construção diversas vantagens de mercado como:

• Eliminação de desperdícios

• Redução de custos

• Otimização de processos

• Redução de erros e falhas

• Aumento da produtividade

• Destaque em competitividade

Segundo matéria Construção 4.0, a viabilidade da Indústria 4.0 acontece por meio de novas tecnologias, como:

• Internet das Coisas (IoT).

• Inteligência Artificial.

• Robótica.

• Nanotecnologia.

Hardwares na Construção 4.0

No campo das tecnologias tangíveis, em que os hardwares são os grandes protagonistas, existem:

Drones: Monitoram canteiro de obras em áreas remotas ou altamente congestionadas. Além disso, fazem mapeamentos em 3D, que possibilitam a identificação em tempo real de riscos ou os atrasos na obra.

Impressão 3D ou nanomateriais: Toma à frente na produção de materiais de construção, eliminando o desperdício de materiais e diminuindo o tempo de construção e o custo da obra.

Sensores vestíveis: Com o intuito de garantir ganho na segurança dos trabalhadores, esses sensores podem ser usados nos capacetes. Há um aviso se houver algum impacto; ou os arreios controlam o número de pessoas numa estrutura, para que seja emitido um alerta em caso de queda súbita.

A publicação do blog Mais Controle afirma que a construção civil é um setor que deve cuidar, em primeiro lugar, da qualidade. Nesse sentido, a indústria 4.0 desempenha o papel de favorecer as melhores tomadas de decisão e escolhas, como na criação de orçamentos ou distribuição de cronogramas, por meio de ferramentas tecnológicas. Dessa forma, com menores possibilidades de falhas, é possível atingir as expectativas de qualidade dos projetos e garantir construções mais seguras. A indústria 4.0 na construção civil também tem como objetivo facilitar o gerenciamento de obras. Cada etapa da obra costuma gerar muitos dados e nem sempre é fácil ter um panorama geral e controle sobre eles.

Dessa forma, com o apoio da tecnologia, torna-se simples criar gráficos de controle, centralizar informações e acessá-las sempre que necessário, proporcionando ferramentas sólidas para engenheiros e gestores de projetos realizarem um trabalho mais dinâmico, seguro e otimizado.

Conclusão

A indústria 4.0 já é uma realidade e está em plena atividade. As empresas e construtoras que agirem mais rápido para adotar as soluções apropriadas a essa nova revolução industrial, com certeza sairão na frente na corrida pela liderança frente à concorrência.

Categorias: Tendências
  • 0
  • 72
Marcanni Construtora

Comprometimento e Qualidade espelham a trajetória de sucesso da Marcanni no Tatuapé, que desde 2003 se destaca no setor de empreendimentos imobiliários como Construtora de padrão sofisticado, trazendo o que há de mais moderno em engenharia civil.

Leave your comment